Caracterização


Caracterização

 

A ASSOCIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO PROGRESSO E VIDA DA TOCHA (ADPVT) foi criada por escritura pública de 27 de Dezembro de 1994 e publicada no Diário da República, n.º 57, III Série, de 8 de Março de 1995.

É uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS), de duração ilimitada, sem fins lucrativos, com sede na Vila da Tocha, cujo objetivo social, entre outros, de acordo com os seus estatutos, se destina a “Promover ações de Solidariedade Social, nomeadamente o desenvolvimento de atividades de proteção à infância e juventude, família, comunidade e população ativa, idosos e deficientes”.

Deste modo, as principais intervenções desta IPSS inserem-se no âmbito da ação social, dispondo, na área sénior de ERPI/Lar com capacidade para 55 clientes/utentes e acordo com a segurança Social para 50 clientes/utentes (5 vagas cativas para a Segurança Social); Centro de Dia com capacidade para 10 clientes/utentes e acordo para 10 clientes/utentes e  Apoio Domiciliário com capacidade para 60 clientes/utentes e acordo para 35 clientes/utentes. Na área da Infância, dispõe de Creche com capacidade para 33 clientes/utentes e acordo para 30 clientes/utentes, mais 3 (vagas cativas); Pré Escolar com capacidade para 45 clientes/utentes e acordo para 25 clientes/utentes, e Centro de Atividades de Tempos Livres (CATL) com capacidade para 50 clientes/utentes e acordo para 20 clientes/utentes.

Trata-se de um espaço autónomo com uma área de 31.000m2 de onde sobressaem dois majestosos edifícios, num dos quais, a Creche e o Jardim de Infância com uma área útil de 600m2 e no outro a Estrutura Residencial para idosos (LAR), Centro de Dia e ainda um outro edifício onde funcionam o CATL (Centro de Atividades de Tempos Livres) destinado a crianças do 1º CEB (1.º Ciclo do Ensino Básico) das Escolas da Tocha.

Em atividade desde 1995, está dotada de uma capacidade de resposta atual para mais de 250 utentes, distribuídos pelas valências acima referidas, destacando-se nas estruturas físicas da sua Residência os apartamentos e quartos individuais, duplos e coletivos, de modo a responder às necessidades e aos anseios dos utentes e seus familiares.

Dispõe ainda de uma residência assistida tipo T2, ao qual é prestado todo o apoio e acompanhamento.

Está dotada de um corpo técnico e administrativo constituído por: 2 Técnicas de Serviço Social, uma médica e de 6 enfermeiros (2 de Reabilitação), 3 Educadoras de infância, 1 Animadora Sóciocultural, 1 contabilista e 1 Técnica Administrativa, sendo o seu quadro de pessoal constituído atualmente por 60 pessoas nas várias áreas de enquadramento.

Sendo um dos seus objetivos contribuir para o desenvolvimento da Região Gandareza, pretende a instituição com este corpo técnico atingir os seus objetivos prestando serviços de excelente qualidade aos seus utentes num ambiente multifacetado em que as crianças, os jovens e os idosos convivam em espaços alargados e comuns – do hoje e do amanhã.